domingo, 23 de abril de 2017

Prémio Melhor Leitor - 2016


Para assinalar o "Dia Mundial do Livro" e destacar o papel das bibliotecas no incentivo à criação de hábitos de leitura e ao prazer de ler, as Bibliotecas Municipais de Oeiras anunciam a 23 de abril o Prémio do Melhor Leitor - 2016, nas categorias infantil, juvenil e adulto.

Perguntamos a cada um dos premiados deste dia - Qual é a importância que as Bibliotecas Municipais de Oeiras têm nas suas vidas? E a resposta foi:

“A biblioteca é para mim um espaço vivo, cheio de gente simpática, coisas interessantes para ver e viver, e novos amigos para conhecer! A biblioteca leva-me a conhecer muitas histórias, que me fazem sonhar aqui, em casa e na escola, quando as partilho com os meus amigos e educadora. Obrigada Bibliotecas de Oeiras!”
Por Leonor Oliveira (6 anos) | Prémio melhor leitor 2016 - categoria Infantil

"É na biblioteca que posso ler livros de diferentes culturas, de diferentes estilos e de diferentes autores. Onde posso descobrir novos mundos e aprender." 
Por Raquel Amaral (13 anos) | Prémio melhor leitor 2016 - categoria Juvenil

“As Bibliotecas Municipais de Oeiras são fundamentais na promoção da leitura (nos seus vários suportes), quer através da disponibilização de um catálogo atualizado de vários temas e géneros literários, quer através de várias iniciativas, como por exemplo os Livros Proibidos ou a aquisição de obras propostas pelos leitores. Nas Bibliotecas Municipais de Oeiras encontramos um espaço onde podemos trabalhar, estudar ou simplesmente desfrutar tranquilamente do prazer dos livros.”
Por Célia Nogueira | Prémio melhor leitor 2016 - categoria Adultos

Muitos Parabéns, Agradecemos a Vossa Preferência!

Prémio Melhor Leitor - 2016


terça-feira, 18 de abril de 2017

Mostra Bibliográfica | Os Livros que Abril Libertou

BM Algés, BM Carnaxide, BM Oeiras e catálogo das BM Oeiras
24 abril. Segunda a 15 maio. Segunda

Mostra bibliográfica da coleção das Bibliotecas Municipais de Oeiras, a partir do levantamento de José Brandão - lista de aproximadamente 900 títulos censurados, proibidos ou apreendidos durante o Estado Novo, de 1933 a 1974.

Informações:
Telf. 210 977 480/81 | 210 977 430 | 214406340 | oeirasaler@cm-oeiras.pt

segunda-feira, 17 de abril de 2017

Lançamento de Livro | Todos a Seu Tempo, por Nuno Martins


As sugestões de...Margarida Ferreira

Livros

Filmes & séries

Música

quinta-feira, 13 de abril de 2017

Dia Mundial do Livro nas BIbliotecas Municipais de Oeiras

Em abril, para assinalar o "Dia Mundial do Livro", as Bibliotecas Municipais de Oeiras apresentam uma programação que celebra o Livro e os Leitores.
Esperamos por si!

quarta-feira, 12 de abril de 2017

Livros Proibidos - Ciclo de Conversas. "Trópico de Câncer", de Henry Miller. Com Rita Ferro

No próximo dia 21 de Abril, sexta-feira, às 21H30, terá lugar a terceira sessão do projeto Livros Proibidos, desta feita dedicado à uma obra polémica e muito conhecida. Henry Miller ficou célebre com a obra Trópico de Câncer, publicada em 1934 e que abalou a literatura da sua época. Trata-se de um romance autobiográfico de tom confessional, contado por Joe, um ilustre desconhecido, norte-americano, o alter-ego do autor e que narra as suas peripécias através das suas andanças por Paris. Com empregos precários, ou até desempregado, Joe vagabundeava pela vida, procurando sentido para uma existência irremediavelmente perdida nas ruas e vielas do sofrimento. Quase todo o enredo se desenrola em Paris, pelo seu glamour e sedução, mesmo no meio da miséria. O único obstáculo são as pessoas, no caso, os Parisienses, confirmando a célebre frase de Sartre O inferno são os outros.
Frequentemente classificado como literatura erótica é, na verdade, uma narrativa que o aproxima do existencialismo, com uma linguagem livre e que fala da natureza humana como instintiva e pulsional, acima de tudo. Joe, de Trópico de Câncer, faz lembrar algumas personagens célebres, como Michkin de O Idiota, de autores cuja influência literária em Henry Miller é inegável, como Dostoievski ou Camus. O tom melancólico da obra resulta da monotonia de uma vida em que o sexo, a comida e a bebida são os efúgios do inferno mundano, como se fossem necessidades básicas, as únicas que poderiam tornar a vida simplesmente suportável. Um livro suficientemente polémico e que permaneceu proibido durante 30 anos nos EUA. Só em 1961 o livro viria a ser publicamente autorizado.
Com Rita Ferro, escritora conhecida do grande público e autora de vários romances. A moderação é de Ricardo Costa.
Informações
BMO, Tel. 214406330 ou ana.jardim@cm-oeiras.pt


Mês da Prevenção dos Maus-Tratos na Infância e na Juventude

Durante o Mês da Prevenção dos Maus-Tratos na Infância e Juventude, a Rede de Bibliotecas Municipais de Oeiras associa-se às iniciativas de sensibilização da CNPDPCJ e do município de Oeiras e alerta para um problema que une várias instituições numa campanha sob o lema “Apenas o Coração pode bater”.

As Bibliotecas Municipais assinalam este mês com mostras bibliográficas com o objetivo de destacar recursos de informação e literários alusivos aos temas em análise - crianças em risco, emprego e família, inclusão social, violência doméstica, toxicodependência, acolhimento, entre outros.

Para apoio na investigação sobre a temática, preparámos um Guia com um conjunto de documentos e sítios web referenciados pela Comissão Nacional de Promoção dos Direitos e Proteção das Crianças e Jovens - CNPDPCJ.

De um modo geral, com esta comemoração pretende-se consciencializar a comunidade para a importância da prevenção dos maus-tratos na infância e juventude e contribuir para promover uma parentalidade e educação positivas junto de todas as famílias, escolas e instituições que lidem, direta ou indiretamente, com crianças, jovens e famílias.